17.5.10

E se?



Não consigo contar quantas vezes já pensei nisto: e se a minha paixão por ela tivesse sido correspondida??

Quantas vezes me senti atraido por uma mulher, quantas vezes me apaixonei? E se tivesse sido correspondido? Seria aquilo chamado de um amor eterno? Seria mais uma relação? Estes se´s, embora eu os odeie, não param de estar presentes.


Se... e se... estes se´s são balelas, são hipoteticos, mas são... estão lá, dão me cabo da pinha, fodem-me o juizo.


A unica coisa que tenho certeza, é se tu me amares?




Beijos e abraços

Sharky


3 comments:

arquiplanando said...

Muitos "E se" são precisos na vida... Só assim crescemos. É como no poker, só se ganham as jogadas em que entramos! :)

missJakie said...

os ''se's'' sao a tortura de qualquer ser humano. gostei, mais uma vez!:)

Marlene said...

Para Shark..

Poderia se pouco fosse o encadeado
Se a minha felicidade fosse só o sorriso
Se o desespero em ti fosse sincero

Poderia tocar-te e entralaçar-me
Se me desses uma certeza qualquer
Se eu visse em ti o concreto

Mas tudo me fez duvidar
Então resolvi perdurar
Nos pensamentos pude ver acertar

Que me levou a pensar que sim
E a duvidar do certeiro
Mais tarde pude ver
Que o incerto pouco leva ao certo!

Marlene Morgado